Da frustração da casa

Uma grande inquietação me abate já faz um bom tempo: ter uma casa.

Antes mesmo de casar (em 2013), eu pensava em comprar meu apartamento e deixar do jeitinho que sempre quis. Daí, finalmente, passei num concurso público (aquele sonho que “quando eu for…, farei…”) e até agora não consegui juntar nem para a entrada da entrada. Tudo bem que financiei um carro e casei (eita gasto!)… Mas, de qualquer forma, está muito complicado conseguir um imóvel.

A grande questão não é me programar financeiramente, é não encontrar imóveis num valor razoável que minha renda possa dar conta. O que me aparecem são casas e apês horrorosos, detonados e no fim do mundo ou em área de risco. Cara, não dá mesmo. Não vou me enfiar em qualquer lugar, arriscar minha vida, só para ter um cantinho pra chamar de “meu” (e, às vezes, nem dá porque tem aqueles bandidos invadindo a propriedade que, com tanto sacrifício, alguém conseguiu).

Pois é… em vista de tudo isso, partimos para o aluguel. Quando vim morar onde moro atualmente, tínhamos (marido + eu) a ideia de ficar por um ano e já comprar nossa casa. Não deu! Só que aqui tem várias questões que me incomodam: a fachada do prédio é super detonada, o que, algumas vezes, me desanima de chamar alguém para visitar; não tem garagem e um vizinho acha que é dono de um ponto da rua para estacionar (e briga quando alguém estaciona na vaga “dele”); meu quarto é gigante e a sala de estar é micro; o banheiro é imenso também, mas o box é PP (eu entro me encolhendo toda e a porta ainda bate em mim – sou GG). Fora que alguns aspectos estéticos da casa também me incomodam, mas não vou mudar e investir num imóvel que não é meu.

Então a saga de outro imóvel para alugar é infindável. Todo dia procuro alguma coisa, escolho, mando pro marido, ele (quando quer e/ou lembra) entra em contato, mas nada vai avante. Há algumas semanas, fomos, finalmente, visitar um. Muito fofinho, algumas reforminhas para fazer e tal, mas nada que gastasse rios de dinheiro. O problema foi o quarto destinado ao casal (com suíte): muito pequeno. Minha cama e meu guarda-roupa não caberiam ali nunca! Minha cama é queen size e isso tem dificultado a busca.

A questão é: um apartamento de 65 m2 precisa mesmo ter dois banheiros? Sinceramente, eu dispenso na boa. Preferiria que aquele espaço fosse uma extensão do quarto principal, ampliando o ambiente e dando mais liberdade para dispor os móveis. Ok… mas agora já está construído.

Mas, eis que, enfim, encontrei um bom. Um apartamento que visitei na adolescência, na época em que era construído. Minha tia queria comprá-lo, desistiu e se arrepende até hoje. Não lembro das medidas, mas sei que é amplo (96 m2), o que me fez acreditar que daria para mim. Além disso, o aluguel não é caro. Condomínio meio “mãos ao alto”, mas dava pra fechar negócio. Marido ligou e ficamos de visitar num sábado, mas teríamos que avisar que estávamos indo. Ok.

No tal sábado, ligamos e nada de atenderem. Insistimos muito! Até que pensamos: bem, a proprietária pode não estar em casa e já estar no apê para alugar. Então fomos até lá. Quando chegamos, um senhor nos atendeu e disse que a dona só estaria lá às 19h e ele estava no apartamento fazendo uns reparos. Achei estranho… mas fui curtir o sábado.

À noite, pedi pro marido ligar de novo (quando eu meto uma ideia na cabeça, já era). Então ele ligou e a moça disse que o apartamento já havia sido alugado. Minha vontade foi de chorar… eu já estava planejando a mudança, a disposição dos móveis, a compra dos móveis para a varanda etc.

Ainda estou mega frustrada com isso, mas a vida segue e a busca pela casa também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s